Os princípios da Rede Além

Há 25 anos, Sílvio Santos, que dispensa apresentações, escreveu uma carta a todos os funcionários do SBT, principalmente os envolvidos no jornalismo da rede, mostrando os princípios fundamentais para que a parte informativa do SBT pudesse funcionar de maneira completa, perfeita, sem nenhum erro por parte de qualquer funcionário.

Eu como editor-chefe da Rede Além, posso dizer que todas as opiniões postadas aqui sobre todos os assuntos são de minha total e inteira responsabilidade.

E, inspirado nos princípios instaurados por Sílvio Santos, apresento aqui os princípios da Rede Além:

AO EDITOR CHEFE, AOS PARCEIROS, COLABORADORES E COLUNISTAS:

A fim de que não pairem dúvidas quanto à linha ser seguida(obrigatoriamente) pela Rede Além, e (opcionalmente) pelos seus parceiros, tanto eu, como editor-chefe e diretor-geral da Rede Além, quanto todos os envolvidos neste projeto, naquilo que lhe couber, nos comprometemos a observar, rigorosamente, os seguintes princípios editoriais:

CREDIBILIDADE – cada informação deve ser confirmada. Rumores ou boatos deverão ser confirmados pela fonte, ou pelo editor-chefe após passar por investigações e audição dos dois lados da notícia.

RESPEITABILIDADE – devemos conquistar o respeito dos nossos internautas e dos nossos parceiros. Nós não seremos passivos de corrupção e, ao contrário de alguns políticos, manteremos a honestidade em primeiro lugar.

SERIEDADE – seriedade não é sinônimo de sisudez e velhice. Nosso compromisso é com a informação precisa e correta.

ISENÇÃO – a audição dos dois lados dos fatos é fundamental. Não podemos pré-julgar ninguém, até que as duas versões sejam ouvidas.

APARTIDARISMO – apesar das nossas opiniões, que são de nossa responsabilidade, o nosso compromisso é com o internauta e a notícia.

IMAGEM DIFERENCIADA – nossa marca, nossa cara são próprias. Não precisamos, nem devemos, ter a cara da concorrência  e/ou de outros blogs.

PRODUTO INDISPENSÁVEL – nosso ornalismo na web deve ser para o internauta tão indospensável quanto a alimentação diária.

PRODUTO POPULAR – Quando algo é popular, não significa ser Lula, ou ser Geraldo Luís. O público não é uma coisa só o tempo todo. Um fato  deve ser entido pelo pai e pelo filho.

PRODUTO MODERNO – a Internet prima pela rapidez, por isso nossos serviços devem ser dinâmicos e até ter audácia de vez em quando.

EMPRESARIAL – nós não fazemos parte de uma empresa, por isso, essa história de regras de administração empresarial está descartada.

METAS E OBJETIVOS – não temos meta de audiência, mas temos o obetivo de levar a informação, a nossa opinião e formar a opinião do leitor.

PRODUTO DIDÁTICO – não somos professores de nada, porém, nossas informações devem ser claras, explicativas e facilitadoras da vida do nosso público-alvo.

PESSISMISMO DISPENSÁVEL – o otimismo sempre deve dar o tom nos nossos posts, artigos, crônicas e notícias, mesmo aquelas mais trágicas.

PRINCÍPIOS DO PÚBLICO – não vamos agredir o internauta. Ele é quem dá um pouco de sua atenção para as nossas histórias.

Todos os nossos colaboradores, parceiros e principalmente, o editor-chefe, devemos obedecer a tais princípios, que irão refetir a fillosofia a ser implantada aqui, e para informar e formar esse Brasilzão.

Belo Horizonte, 20 de março de 2013

Luiz Flávio Rodrigues Nascimento(Fundador, Diretor-geral e Editor-Chefe da Rede Além)

tweetmeme_style = ‘compact’; tweetmeme_url = ‘https://redealem.wordpress.com/2013/03/20/os-princpios-da-rede-alm/’; tweetmeme_source = ‘luizflavio18’; tweetmeme_service = ‘TinyURL.com’;

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: