News TV – Quinta – 03 Nov

> Notícias da TV, por MARCOS SILVÉRIO <

Glória Perez abordará tráfico de seres humanos

Adepta a retratar países orientais em suas tramas, Glória Perez dessa vez escolheu a Turquia como cenário de sua próxima novela. Depois de postar fotos suas em Istambul e na Capadócia, onde foi pesquisar a cultura local, a autora contou ao blog de Bruno Chateaubriand na "Veja Rio" que sua história irá retratar o tráfico de pessoas. E já fez questão de ressaltar que qualquer semelhança com "América" é mera coincidência.

“Não se parece com América, uma vez que a personagem principal, ao atravessar a fronteira, tinha liberdade de ir e vir. Nesse caso é diferente, vou falar das pessoas que viajam para países com a proposta de uma vida melhor e, ao chegarem lá, acabam virando escravas, sendo obrigadas inclusive a se prostituirem.”

A trama de Glória Perez deve substituir "Avenida Brasil", de João Emanuel Carneiro, que entrará no lugar de "Fina Estampa".

Fonte: Na Telinha

Regina Duarte e Sônia Braga em "Gabriela"

Regina Duarte, que se destacou no remake de "O Astro", seria um dos desejos de Walcyr Carrasco para o elenco de "Gabriela", nova novela do horário das 23h da TV Globo.

A Globo pretende ainda contar com a participação de Sônia Braga no folhetim. Ela, como se sabe, viveu a personagem-título da história na versão de 1975.

A novela será uma adaptação do livro "Gabriela, Cravo e Canela", de Jorge Amado, e deve reunir novos talentos da Bahia no elenco.

Os personagens que Regina Duarte e Sonia Braga fariam nesta nova versão não foram divulgados.

Com informações da Folha

Globo descarta mudanças em "A Vida da Gente"

Mesmo ainda não tendo chegado aos índices de audiência de "Cordel Encantado" e estar registrando entre 20 e 25 pontos de média, "A Vida da Gente" não será alterada.

A Globo descartou qualquer possibilidade de intervenção ou de mudança no ritmo do folhetim de Lícia Manzo. A emissora acredita que com o despertar de Ana, protagonista vivida por Fernanda Vasconcellos, o Ibope irá subir.

Assim sendo, a autora foi recomendada a não alterar os rumos da história e segui-la como proposto na sinopse original.

Em tempo – A situação de "A Vida da Gente" contrasta com a de "Malhação". O folhetim adolescente não está agradando à alta cúpula da Globo e sofrerá importantes mudanças nos próximos capítulos.

A recém estreada "Aquele Beijo", de Miguel Falabella, também poderá ser um dos próximos alvos de alterações.

Imperdível – Carro 0 km arrematado por R$ 464,59. Dê seu lance no Olho No Click!

Fonte: Na Telinha

Tereza Cristina deve trair René com Pereirinha

Aguinaldo Silva disse em seu perfil no microblog Twitter que já escreveu a cena em que Tereza Cristina (Christiane Torloni) irá trair seu marido René (Dalton Vigh) pela primeira vez. O autor deu três opções. Segundo ele, a emergente da Barra deverá trair o marido com Pereirinha (José Mayer), Ferdinand (Carlos Machado) ou Edvaldo (Rafael Zulu).

Embora diga que o desenrolar dessa história seja um grande segredo, em entrevista ao UOL, o autor já deu a dica de quem será o felizardo. Questionado se Pereirinha, ao voltar para casa, entraria na disputa pelo coração de Griselda (Lília Cabral), Silva disse o seguinte: “Ele até que tenta uma vez, mas Griselda ameaça rachar sua cabeça com a chave de grifo e ele trata de ir cantar em outro terreiro… Mais precisamente naquele onde habita Tereza Cristina.”

O autor disse ainda que, ao voltar, Pereirinha deixará a família dividida. Antenor (Caio Castro) e Quinzé (Malvino Salvador) ficarão contra, mas Amália (Sophie Charlotte) quer a família unida e defenderá a estadia do pai em sua casa.

Fonte: UOL

Alberto cogita não demolir o Covil do Bagre

Alberto (Herson Capri) não consegue esquecer o beijo que deu em Sarita (Sheron Menezzes) e volta para casa já pensando em não mais demolir o Covil do Bagre para construir uma nova unidade da Comprare no local. Quem não gosta da ideia é Maruschka (Marília Pêra).

"Você não tem o direito de duvidar desse sonho. E sabe por quê? Porque ele não é apenas seu, Alberto. Ele é nosso!", dispara.

Alberto tenta explicar que eles podem construir a loja em outro lugar e Maruschka desconfia que Sarita tenha um dedo na história. "O que foi que essa favelada te disse que fez você mudar de opinião de uma hora pra outra?", pergunta. Alberto diz que precisa de um tempo para pensar e Maruschka fica furiosa.

Será que Maruschka vai descobrir que Alberto e Sarita se beijaram?

Fonte: globo.com

Marcos e Dora resolvem assumir a relação

Dora (Malu Galli) cumpre a palavra e toma coragem para passar uma tarde a sós com Marcos (Ângelo Antônio). Apaixonados, os dois seguem viagem para uma pousada, mas não conseguem ter a primeira tarde de amor. Na hora H, ela se sente culpada por estar traindo o marido, sugere que eles abram o jogo em casa e peçam a separação antes de assumir a relação.

Primeiro, o casal arruma uma desculpa para se afastar das filhas. Enquanto Dora deixa Olívia (Bia Petretchunk) sob os cuidados de uma amiga, Marcos inventa um compromisso sobre o inventário da mãe e pede para Vitória (Gisele Fróes) buscar as meninas no colégio.

Assim que chegam à pousada, eles começam a namorar, mas Dora não consegue ir adiante. “Eu quero muito, mas não assim, ou, pelo menos, não desse jeito”, afirma, cortando o clima.

Marcos fica sem graça, e ela completa: “Por pior que esteja o meu casamento, isso não é certo, não pode ser assim. Me dá um tempo para resolver tudo. O meu marido chega essa semana de viagem e eu vou falar com ele, dizer a verdade. Não tem mais como esconder”, explica.

Íntegro, Marcos concorda e promete resolver sua situação com Vitória o quanto antes, para terminar o casamento e começar uma nova história. Preocupado, pergunta se a amada prefere ir embora. Carinhosa, ela pede para os dois ficarem abraçados.

E agora, será que Dora e Marcos vão ter coragem para terminar seus respectivos casamentos? Como será a reação de Vitória ao saber que o marido não quer mais ficar ao seu lado?

Fonte: globo.com

"Força-Tarefa" resgata marcas do passado

No primeiro episódio da terceira temporada de ‘Força-Tarefa’, que vai ao ar nesta quinta-feira, dia 03 de novembro, Wilson (Murilo Benício) tenta refazer sua vida após o massacre que matou toda sua equipe da corregedoria. Promovido a Capitão, ele está prestes a voltar ao trabalho quando sofre dois atentados. No primeiro, Wilson quase é atropelado no estacionamento de um shopping; já na segunda vez, o capitão é alvejado enquanto busca seu filho, Bruno Felipe (Gabriel Palhares), na escola. O carro em que os dois estavam é atingido por vários disparos.

Ao lado de seu novo grupo, tenente Demétrio (Eucir de Souza), perito Léo (Sérgio Cavalcante) e sargento Lidiane (Naruna Costa), Wilson tenta descobrir o mandante pelos atentados. Ele acredita que o responsável seja o sargento Guedes (Fábio Ock), o mesmo que mandou matar seus ex-parceiros da corregedoria. Enquanto busca pistas que possam confirmar um culpado, Wilson descobre que sua mulher, Jaqueline (Fabíula Nascimento), desapareceu.

Fonte: Rede Globo

"Casseta" deve ocupar segunda faixa de shows

Na Globo já se dá como certo que a série “Tapas & Beijos”, confirmada na grade de 2012, continuará ocupando a primeira linha de shows das terças-feiras. Traduzindo, significa que será mantido na faixa das 22 horas, logo depois da novela, como acontece nos dias atuais. E ponto.

O novo “Casseta”, com estreia em abril, irá integrar a segunda linha de shows das terças-feiras, entrando logo na sequência do “Tapas & Beijos”. O detalhe é que os dois programas estarão vinculados ao núcleo do diretor Maurício Farias.

Será dele a missão de cuidar e tomar conta de tudo.

Fonte: Flávio Ricco

Briga de Frota e Zé Américo era "pegadinha"

Não passou de uma pegadinha de Alexandre Frota a briga que ele teve com Zé Américo em recente gravação do "Vc Tem Q Ver".

Na última segunda (31), vazou na internet o vídeo da discussão.

O humorista exibia um vídeo do extinto "A Grande Chance", de Gilberto Barros na Band, que dizia que Alexandre Frota era viado.

Zé Américo defendeu o atual diretor de projetos especiais do SBT: "Frota, você é diretor aqui. Eu não vou falar nada de mal de você, porque eu quero continuar apresentando esse programa. Eu ponho a mão no fogo por você. Você não é. Você fez aquele filme [pornô] com a Bianca [travesti] só né…".

Logo depois, o comediante fez piada, imitando Alexandre Frota: "Que Viado? Schwarzenegger é viado? Eu sou viado? Que que é isso? Viado é você! Eu sou malhado, sou definido". De repente, o diretor e ator de "A Praça é Nossa" entrou no estúdio: "Parou, parou, peraí", assustando Zé Américo: "Fu…", soltou.

"Quem tá dirigindo isso aqui? Vai ficar falando de Bianca? Que isso…", continuou Frota. Logo depois, em meio a xingamentos, ele deu um soco e derrubou o púlpito que compunha o cenário.

O programa foi ao ar hoje, às 19h, e comprovou o que muita gente já desconfiava: o video da internet foi publicado pelo próprio SBT como forma de viral, para divulgar a atração.

A emissora exibiu até certo ponto exatamente o mesmo trecho que vazou. Mais adiante, tudo ficou esclarecido. Foi uma brincadeira que a direção do "Vc Tem Q Ver" combinou com Alexandre Frota para pegar o apresentador, Zé Américo.

Visivelmente chateado, Zé Américo pedia desculpas ao atual diretor de projetos especiais do SBT, quando Frota fez uma careta para a câmera e caiu na risada, junto com a produção do programa.

Os dois se despediram e logo depois Zé Américo prosseguiu com o programa, sem antes confessar: "ainda estou tremendo aqui".

Fonte: Na Telinha

Caso Rafinha Bastos está perto do fim

Há quem assegure que, ainda no decorrer da próxima semana, deve sair uma decisão sobre o caso Rafinha Bastos na Bandeirantes.

Como se sabe existe um contrato e nenhuma das partes manifestou interesse, pelo menos até aqui, em avançar unilateralmente na questão. Ao contrário, o silêncio que perdura há alguns dias demonstra de maneira muito clara a existência de uma trégua, até que se encontre a saída mais honrosa para tudo.

Internamente, entre alguns setores importantes do “CQC”, a saída de Rafinha é considerada um caso liquidado. Poucos ainda acreditam ou defendem o seu retorno. O próprio Rafinha, em conversas fechadas, chega a garantir que ele também já descarta qualquer possibilidade de volta.

Este é o panorama da coisa. Resta aguardar pelo próximo capítulo, que tudo indica será o último e decisivo no assunto.

Fonte: Flávio Ricco

Justin Bieber pode ser pai de um bebê de 4 meses

A revista "Star Magazine" divulgou em sua capa a foto do suposto filho de Justin Bieber. Segundo a reportagem da revista, Mariah Yeater, de 20 anos, diz que o cantor é pai do seu bebê de três meses e abriu um processo para que ele reconheça a paternidade do menino.

Nos papéis do processo, assinados por Mariah, ela alega que fez sexo com o cantor nos bastidores de um show dele na arena Staples Center, em Los Angeles, no dia 25 de outubro de 2010. "Ele me disse que era sua primeira vez", declarou no processo.

No processo, Mariah narra com detalhes como se deu o encontro: "Um segurança me chamou e perguntou se eu queria conhecer o Justin Bieber. Depois de esperar um pouco com outras meninas, ele apareceu e começou a conversar comigo. Era óbvio que estávamos atraídos um pelo outro e começamos a nos beijar. Ele sugeriu que fôssemos a um lugar com mais privacidade. Eu concordei. Ele me disse que queria fazer amor comigo e que esta seria sua primeira vez".

Ela também contou que os dois fizeram sexo em um banheiro e que a personalidade do cantor mudou: "Ele começou a me agarrar e disse que queria fazer sexo comigo. Eu pedi para ele usar camisinha, mas ele disse que não queria porque era sua primeira vez e ele queria sentir tudo. Foi tudo muito rápido e a relação mesmo durou cerca de 30 segundos".

"Quando eu percebi que estava grávida do Justin Bieber tentei entrar em contato com a equipe dele, mas ninguém retornou minhas ligações", disse Mariah ao juiz. "Dei à luz um menino no dia 6 de julho de 2011. Exatamente 36 semanas e dois dias depois que fizemos sexo. Baseada no tempo e no fato de que não existe outro homem com quem fiz sexo que possa ser o pai desta criança, eu acredito que Justin é o pai do meu bebê", continuou.

Uma audiência sobre o caso está marcada para o dia 15 de dezembro. Os representantes de Justin Bieber negam as acusações: "Ainda não vimos o processo, mas é triste que alguém fabrique afirmações tão maliciosas, difamatórias e falsas. Nós vamos buscar todas as medidas legais disponíveis para proteger Justin contra tais alegações".

Através de seu Twitter, ele comentou os boatos: "Todos os boatos, as fofocas…eu vou focar no que é positivo: a música".

Fonte: EGO

Alexandre Nero quer fazer papel de gay

Ele é truculento, machista, estourado e bate tanto na mulher que nessa semana foi para a cadeia na novela das 21h "Fina Estampa". No entanto, o intérprete do motorista Baltazar, Alexandre Nero, diz que, no fundo, seu personagem é extremamente dependente da mulher. Também diz que a rejeição das pessoas o deixa carente e que adoraria fazer o papel de um gay. Leia, abaixo, a entrevista exclusiva com o ator para o UOL:

Embora seja violento, o Baltazar foi aprovado pelas 45 mulheres que foram ouvidas em São Paulo no 1º grupo de discussão que avaliou “Fina Estampa”. Ele perdeu na preferência das telespectadoras apenas para René (Dalton Vigh) e Crô (Marcelo Serrado). A que você atribui esse sucesso do personagem junto ao público feminino?

Eu não li nada ainda sobre esse grupo de discussão, então não posso afirmar nada. Mas acho que pode ser porque a população brasileira ainda é muito machista e acha que a educação que ele dá para a filha Solange [Carol Macedo] é certa. Essa coisa de não poder dançar funk, não poder usar roupas mais justas, muita gente concorda com aquilo. E acho também que as pessoas confundem um pouco o ator com o personagem. Eles sabem que esse homem, o Baltazar, sou eu, o Alexandre, e transferem o carisma do ator.

O Baltazar bate na mulher e é quase um monstro com a filha adolescente. Como foi o processo de criação desse personagem?

Eu fui atrás para saber o que esses homens pensam. Eu não defendo o personagem, eu fui tentar compreender o que se passa pela cabeça dessas pessoas. Se eu for fazer um assassino, eu preciso entender o que se passa na cabeça de um assassino, por que essas pessoas matam. No caso do Baltazar, eu precisava saber por que ele agride e, às vezes, tentar até matar como foi o caso em algumas cenas. Esses homens perdem a cabeça, não têm controle de si, acham que têm o direito de controle sobre as mulheres. Quando elas casam, eles não são assim, são amorosos e felizes. Mas as coisas vão acontecendo e perdem o foco. E viram íntimos ao ponto de achar que um pode controlar a vida do outro.

É verdade que o Baltazar é extremamente carinhoso com a Celeste entre quatro paredes? Você acha que o personagem terá o mesmo fim de outros agressores na novela ou, por conta dessa doçura, ele poderá mudar e até passar a ter uma relação sadia com a mulher?

Essa é uma pergunta para o Aguinaldo [Silva, autor]. Eu acho que seria muito bacana se ele se regenerasse. Como ator, gostaria de fazer um personagem que vai se regenerar, mas confio plenamente no Aguinaldo e, com certeza, o que ele escolher para o Baltazar vai ser o justo. Estou preparado para ser punido. Mas essas pessoas têm problemas psicológicos. Eles estão doentes, o homem e a mulher precisam de ajudam. Afinal eles se gostam, mas levaram para o lugar errado.

Em “A Favorita”, você interpretava o verdureiro Vanderlei, que se relacionava com Catarina (Lilia Cabral), que vivia apanhando do marido. Agora seu personagem bate na mulher. De uma forma ou de outra, a violência à mulher te persegue. Como ator, é melhor ser o que bate ou o que consola quem apanha?

O que consola quem apanha. Bater é terrível. Cansa emocionalmente, cansa fisicamente. As pessoas olham torto na rua, a gente se sente mal. Espero que demore bastante para acontecer de novo. Quando a gente faz um personagem bonzinho, as pessoas amam a gente gratuitamente, acham a gente lindo, uma gracinha. E agora não, eu sou um malvado. E isso é ruim.

Por que você acha que o Baltazar é assim com a filha e a mulher? Machismo, insegurança, ciúme?

Eu acho que é um misto de tudo. Pelos estudos que tive desses homens e, ao contrário do que tudo mundo pensa, são os homens que dependem dessas mulheres e não as mulheres que são dependentes desses homens. Eles têm pavor de perder as mulheres, têm muito ciúmes delas e chegam a morrer com a ausência delas. Por isso o desespero, por isso ele a ameaça de morte se ela resolver deixar ele. Porque eles são extremamente dependentes delas. São extremamente inseguros.

No “Domingão do Faustão” do último dia 16 de outubro, você disse que gostaria de ser abraçado nas ruas. O que você tem escutado do público? Você acha que as pessoas hoje em dia sabem separar o ator do personagem?

A maioria sabe separar. E isso talvez seja o porquê de estar no terceiro lugar. O clima é de brincadeira, mas existem pessoas que realmente falam: “Olha lá, vai apanhar” ou “Tenho vontade de bater em você”. Escuto o dia inteiro. Aonde eu vou, escuto: “Olha o cara da novela, o cara agressivo, o cara que bate em mulher. Ai, quero bater nele. Violento, malvado. Ai, que raiva tenho dele”. Eu sei que não sou eu, mas é para mim que eles estão falando. Então é por isso que eu falo: “Gente, para de falar isso e me abraça porque eu tô carente” [risos].

Depois de um dia intenso de gravação na pele do Baltazar, você se sente pesado quando vai embora para casa? O que faz para relaxar?

Não faço nada. Converso com amigos, vou ao cinema, esqueço um pouco disso. Faço outras coisas, mas saio muito pesado mesmo. É claro que divido as coisas. Eu gostaria de deixar nos estúdios, mas as pessoas me param na rua, falam e não me deixam esquecer.

Alguma mulher já te parou na rua para dizer que tinha um marido como o Baltazar? O que você escuta do público feminino?

Sim. Uma pessoa me parou na rua e falou. Eu curiosamente perguntei mais sobre o assunto e perguntei por que ela ficava com o marido; ela disse que era porque gostava muito dele, que se divertiam e que a relação, no início, era feliz e saudável. Mas ele era muito ciumento e perdia a cabeça, ameaçando-a de morte quando ela pensava em deixá-lo. Ela disse que demorou muito para se desvencilhar dele. Outra vez, um homem me disse que se identificava muito com o Baltazar.

O Baltazar apresenta traços de homofobia. Você acha que ele pode ser um bissexual enrustido? Principalmente porque existe um mistério sobre quem mantém um romance com o gay Crô (Marcelo Serrado). Será que é ele?

Acho que por ser uma novela, sim, ele pode ser homofóbico ou ter traços de bissexualidade enrustida, assim como a maioria diz. Mas eu discordo totalmente que a agressividade dele seja por conta disso; eu acho que assim como a homofobia, a intolerância religiosa ou racismo vêm da ignorância, da falta de instrução, da falta de ciência das coisas. O que falta é convivência. Quem convive com o diferente, passa a achar parecido ou respeitar as diferenças. Tudo é questão de cultura e educação.

O que você acha dos homens que usam a força física para controlar suas mulheres?

É repugnante usar a força física para qualquer coisa. Agressividade verbal ou física é repugnante. E não só do homem contra a mulher, mas o contrário também. Homens e mulheres com esse perfil precisam de ajuda.

Fora a novela, você estreou o longa “Novela das Oito”, é músico e está em cartaz com o espetáculo “Você Precisa Saber de Mim”. Como faz para conciliar as gravações da novela com a música e o teatro?

É enlouquecedor. Não tenho tempo para nada. O filme já foi feito. O CD estou lançando em novembro. Não farei show porque estarei gravando. Mas assim que acabar a novela, vou tentar fazer shows de lançamento.

Qual é a melhor parte de ser ator? E a pior?

A melhor é poder viver outras experiências, extravasar de uma maneira enlouquecedora sem ser um criminoso. O ator tem o álibi de ser o que quiser. A pior é que você nunca sabe se é um ator. Nunca sabe se é verdade ou se está atuando. É uma profissão subjetiva e a mais difícil do mundo. Um traço muito perto da loucura.

O que mudou na sua vida depois que ficou famoso?

Fama é diferente de sucesso. Sucesso é uma coisa que te dá alicerce e respeitabilidade pelo que faz. Fama é uma coisa extremamente vazia. As pessoas te conhecem não sabem de onde, te confundem com alguém, com um sobrinho. A fama não me trouxe absolutamente nada de bom. O sucesso sim. É por isso que continuo trabalhando. A fama só incomoda, as pessoas querem saber sobre a sua vida particular a qualquer custo. Na fama, as pessoas te amam ou te odeiam gratuitamente.

Você tem vontade de fazer algum personagem diferente dos que já viveu na TV? Qual?

Agora estou louco para fazer um bonzinho. Também gostaria de fazer um gay ou comédia caricata. Coisas distantes da minha realidade.

Fonte: UOL

Notícias rápidas da TV

Segurança

Após o incidente na entrada de um link ao vivo do "Jornal Hoje", quando um jovem interrompeu bruscamente a jornalista Monalisa Perrone, a Rede Globo A Globo adotou uma nova orientação: repórteres em links ao vivo de locais de aglomeração pública deverão estar acompanhados de seguranças. Nos bastidores da Globo, avalia-se que a segurança da emissora "relaxou" depois que foram comprados equipamentos que dificultam o roubo de câmeras.

Reforço

A Rede Globo estreou na noite desta terça (1º) a segunda temporada da série “A Mulher Invisível". A série protagonizada por Selton Mello, Luana Piovani e Débora Falabella, segundo dados prévios do Ibope, marcou uma média de 22 pontos na Grande São Paulo. Nos próximos episódios, a série ganhará o reforço do ator Mateus Solano. Ele interpretará um rapaz que tumultuará o já animadíssimo triângulo amoroso de Pedro, Clarisse e Amanda.

Ivete é só simpatia em New York

Durante uma passagem em Nova York nesta terça-feira (01), Ivete Sangalo chamou bastante atenção da imprensa e de populares. A cantora foi à cidade para participar como jurada do Avon Voices, um concurso que reúne promessas musicais de todo o mundo. Simpática, ela concedeu entrevistas e posou para fotos com outras estrelas da música, como a cantora Fergie. Logo na saída, Ivete Sangalo não poupou atenção aos fãs. Ela tirou fotos e conversou com alguns deles.

Recusa

O ator Reynaldo Gianecchini, 38 anos, que luta contra um câncer no sistema linfático há dois meses, foi chamado para participar do "Mais Você" e do "Domingão do Faustão" (Globo), mas teve de recusar os convites. O médico do ator proibiu a participação de Giane em programas de TV por causa da sua imunidade, que está muito baixa por conta do tratamento.

Será que ela é?

O segredo que Augusta (Denise Del Vecchio, na foto) esconde em "Vidas em Jogo", da Record, é que ela seria um homem disfarçado e usaria um lencinho no pescoço para esconder o gogó. Marizete (Betty Lago) fará a revelação.

Muda de novo

A partir de amanhã, o “Câmera Record” será apresentado às sextas-feiras, com Marcos Hummel. Diante disso, o “Repórter Record”, com Marcelo Rezende, voltará a ocupar o seu antigo horário, depois do “Domingo Espetacular”.

Barbarella

Luciana Gimenez comemorou seus 41 anos vestida de Barbarella, famosa e sexy personagem de histórias em quadrinhos, criada nos anos 1960. Quem estava lá garante que a fofa arrasou no modelito. A festança rolou madrugada adentro.

Barraco

Luana Piovani e Carolina Magalhães andam trocando farpas no Twitter. Carol disse que Luana "se acha dona da verdade". Luana chamou a moça de "recalcada" e contou que a briga delas é antiga… Que coisa, hein?

Curso

Joana Machado fará um curso de vídeo para melhorar sua performance na TV. A fofa grava hoje seu quadro de estreia no "Legendários" (Record).

Exigências

A lista de pedidos de Britney Spears para os shows que a fofa fará no Brasil inclui leite de amêndoa (sabor baunilha) e garrafa de água importada. A cantora não tem muitas frescuras, né?

Fontes: Agora São Paulo, Coluna Zapping, Flávio Ricco, Folha.com

Bom demais…

A Bandeirantes tem três séries finalistas na categoria Telejornalismo do Prêmio Esso, “Desabrigados e Abandonados”, “Os Vizinhos do Crack” e “Fraude na Bomba”. Além da Band, outras cinco emissoras concorrem na mesma categoria, e os vencedores serão anunciados no próximo dia 16.

Nem tanto…

Se existem críticas para a transmissão de futebol dos estúdios de algumas emissoras, o que dizer do José Silvério, da rádio Bandeirantes, que agora narra os jogos… diretamente da sua casa em Lavras, interior de Minas Gerais? Chama mais atenção ainda por ser o Silvério, que sempre batalhou pela presença nos estádios.

______

Ficamos por aqui, de olho na telinha.

Blog: marcossilverio.blogspot.com

E-mail: bysilver_br@yahoo.com

Twitter: @bysilver_br

Facebook: http://www.facebook.com/marcos.silverio

Oferecimento: Arte Final Gráfica

tweetmeme_style = ‘compact’; tweetmeme_url = ‘https://redealem.wordpress.com/2011/11/03/news-tv-quinta-03-nov/&#8217;; tweetmeme_source = ‘luizflavio18’; tweetmeme_service = ‘TinyURL.com’;

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: